fbpx

MAIS 5 Áreas de Negócios Sustentáveis com Reciclagem e com Empreendedorismo Sustentável

Olá! Tudo bem?

Nesse artigo vou falar de MAIS 5 Áreas de Negócios Sustentáveis com Reciclagem e Empreendedorismo Sustentável.

No artigo Empreendedorismo Sustentável: 5 Áreas de Negócios Sustentáveis com Reciclagem, falei sobre:

  1. Cooperativas de Reciclagem
  2. Reciclagem de PET
  3. Reciclagem de Plástico
  4. Coleta de Óleo de Cozinha para Reciclagem
  5. Reciclagem de Resíduos da Construção Civil – RCC (Entulho ou Resíduos da Construção e Demolição – RCD)

 

O empreendedorismo sustentável atua junto com a reciclagem, ou seja, a reciclagem é um pilar do empreendedorismo sustentável.

A reciclagem é um dos pilares dos 3Rs da Sustentabilidade.

Os 3Rs da sustentabilidade são:

1) Reduzir

2) Reutilizar

3) Reciclar

Os 3Rs da sustentabilidade são ações que podem ser praticadas no dia a dia em qualquer lugar seja em casa ou no trabalho.

Essas ações têm como objetivo estabelecer uma relação harmoniosa entre os consumidores e meio ambiente. 

De forma bem simples, podemos dizer que os 3Rs da Sustentabilidade são:

  • Reduzir é consumir menos produtos e trocar por produtos que tem maior durabilidade e potencial menor de geração de resíduos.

 

  • Reutilizar é usar novamente. Um bom exemplo disso são os galões de água e as embalagens de vidro.

 

  • Reciclar está ligado a transformação de um material que ao invés de ser destinado de forma inadequada, e essa destinação possa prejudicar o meio ambiente. Esse material pode voltar para a cadeia produtiva de forma adequada, em forma de uma matéria prima, para ser transformado em um novo produto, como por exemplo:
    • As garrafas pet podem voltar para a cadeia produtiva como matéria prima para serem transformadas em vassouras.
    • As latas de alumínio podem voltar para a cadeia produtiva, e serem transformadas novamente em latas de alumínio. Esse é o que chamo de um exemplo clássico.

Os acordos e protocolos que foram assinados com o compromisso de serem adotadas medidas para reduzir a ação do homem sobre o meio ambiente estão contribuindo para uma nova modalidade de empreendedorismo que é o empreendedorismo sustentável.

A exemplo disso no Brasil tivemos o Conama 1, Conama 237, Conama 275, Conama 307 e a lei 12.305 que é a nossa Política Nacional de Resíduos Sólidos que estão contribuindo para a difusão do empreendedorismo sustentável.

Empresas como:

Atuam fortemente no conceito de empreendedorismo sustentável que está ligado ao desenvolvimento sustentável.

A criação de novos negócios sustentáveis tem como objetivo serem rentáveis resolvendo problemas ambientais e sociais e pode-se perceber que o empreendedorismo sustentável tem a possibilidade do uso da:

  • Reciclagem
  • Logística reversa

Em linhas gerais o lucro para os empreendedores que vierem trabalhar com empreendedorismo sustentável está aliado a:

  • Preservação do meio ambiente
  • Reciclagem
  • Sustentabilidade

O empreendedorismo sustentável integra o tripé da sustentabilidade que é composto pelo lado:

  • Social
  • Ambiental
  • Econômico

 

As 5 Áreas de Negócios Sustentáveis com Reciclagem com Empreendedorismo Sustentável, são:

1) Reciclagem de Lixo Eletrônico

De acordo com a ONU o “Mundo produzirá 120 milhões de toneladas de lixo eletrônico por ano até 2050”, um valor superior de lixo eletrônico no mundo que é maior que 62,5 bilhões de dólares. Esse valor é maior que o PIB de muitos países, pois em:

  • 2017 foram produzidas mais de 44 milhões toneladas de lixo eletrônico
  • Cada habitante no mundo gera cerca de 6Kg de lixo eletrônico por ano
  • Menos de 20% do lixo eletrônico é reciclado
  • Renda de R$240 bilhões de reciclagem de lixo eletrônico com apenas 20% do lixo reciclado
  • Os 80% restantes vão para aterros ou são reciclados informalmente
  • Estima-se que até 7% do ouro do mundo pode estar dentro do lixo eletrônico espalhado pelo mundo.

Pode ser que em uma tonelada de minério de ouro, tenha 100 vezes menos ouro do que em uma tonelada de lixo eletrônico.

 

Prejuízos ambientais e sociais:

  • A reciclagem em países em desenvolvimento é feita manualmente
  • Expõe os recicladores a substâncias perigosas e cancerígenas
  • Contamina o solo e os lençóis freáticos

 

De acordo com o relatório internacional desenvolvido pela Universidade das Nações Unidas (UNU) em parceria com União Internacional das Telecomunicações (UIT) e a ISWA – International Solid Waste Association (Associação Internacional de Resíduos Sólidos), em 2017, o Brasil:

 

Dois bons exemplos de empresas que trabalham com reciclagem de lixo eletrônico e com empreendedorismo sustentável são da A Global Sustem e da Ecobraz Emigre.

A Global Sustem fica em São Caetano do Sul em São Paulo e atua na grande São Paulo e no ABCD.

A Global Sustem fazem a retirada agendada gratuitamente equipamentos de informática ou eletroeletrônicos em qualquer estado de conservação, usados ou equipamentos que estão fora de linha e fazem a reciclagem e a destinação de forma correta.

Eles retiram e compram lotes de: computadores, CPUs desktops, equipamentos de rede, placas eletrônicas, periféricos, cabos, notebooks, tablets, celulares, smartphones obsoletos, calculadoras, agendas eletrônicas, monitores de LCD, monitores de Tubo, monitores de plasma, televisores, impressoras, equipamentos de telefonia, estabilizadores, nobreaks e impressoras

O que é interessante é que eles coletam na sua casa com hora marcada e cobram R$50 por item coletado para retirar: geladeiras, fogões, lavadoras de roupas, lavadoras de louças, aparelhos de ar-condicionado, freezers, micro-ondas, televisores de tubo e secadoras de roupas.

A Ecobraz Emigre está na Vila Diva em São Paulo oferece soluções para pessoa física, empresa, indústria e governo.

Para pessoa física ela faz coleta e reciclagem de: computadores, monitores, TVs, celulares e impressoras, basta ligar e agendar a coleta seletiva.

Para empresas eles fazem a manufatura reversa e destinação de produtos eletrônicos em geral, pilhas, baterias, equipamentos de informática, eletrodomésticos, mobiliário corporativo, entre outros e ainda eles emitem laudo de manufatura reversa / descaracterização, laudo de exclusão de dados assistida e rastreabilidade assistida.

Para indústrias eles fazem descarte de resíduos sólidos industriais, descarte e descaracterização e destruição de produtos descontinuado, gerenciamento de resíduos sólidos e auditoria de processos de descarte. Para esses serviços eles emitem laudo de manufatura reversa / descaracterização, laudo de exclusão de dados assistida e rastreabilidade assistida.

Para os governos eles fazem a coleta e reciclagem e oferecem descarte de lixo eletrônico, com descaracterização e destruição segura de dados para os governos.

 

2) Reciclagem de Vidro

Segundo a Abividro (Associação da Indústrias Brasileiras de Vidro) o vidro:

  • Pode ser reciclado diversas vezes,
  • Demora 5 mil anos para se decompor

 

A reciclagem de vidro:

  • Movimenta aproximadamente R$ 120 milhões por ano
  • Pode ser 100% reaproveitada, sem perder a qualidade.
  • As empresas que produzem vidro usam 40% do caco de vidro e 60% de composto virgem em uma nova embalagem (Stefan David, gerente de sustentabilidade da Abividro).
  • Brasil produz mais 1,3 milhões de toneladas de vidro
  • Quanto mais cacos de vidro se usa na composição, menos gás é preciso para manter o forno trabalhando (Angélia Ione)
  • Para manter o vidro de volta à cadeia produtiva os ecopontos e o consumidor final são importantes nesse processo
  • Glass is Good é uma iniciativa que reúne os maiores fabricantes de bebidas alcoólicas no mundo que contribuem para a destinação correta do vidro.

 

Dois exemplos que atuam com a reciclagem de vidro são o da Massfix e o da Recitotal e de empreendedorismo sustentável.

 

A Massfix atua no mercado desde 1991 com reciclagem de cacos de vidros planos, vidros laminados e vidros de embalagens, e hoje com duas unidades uma em Mogi das Cruzes e outra em Guarulhos, reciclam todo o tipo de vidro.

Eles trabalham na gestão de resíduos de vidro, oferecendo o serviço de coleta e reciclagem para os mais diferentes segmentos, coletando e fornecendo todos os tipos de vidros.

Os serviços prestados são:

  • Coleta de materiais a partir de 5 toneladas, dentro da região metropolitana da cidade de São Paulo é só você entrar em contato com eles.
  • Processamento de cacos que garante o melhor aproveitamento dos materiais coletados

Se você quiser solicitar o coleta de materiais em quantidade menor que 5 toneladas a Massfix oferece um localizador para você encontrar o parceiro deles mais perto de onde você mora entre em contato com eles.

 

A Recitotal localizada em Guarulhos na Grande São Paulo compra vidros para reciclagem. Eles tem uma logística preparada para captação de vidros em empresas, condomínios e cooperativas do setor.

Todo material captado é beneficiado e são destinados aos produtores de embalagens de vidro, indústrias de bebidas e de peças de vidro.

Vale dizer que todo material é destinado de forma adequada em conformidade com as leis ambientais.

Uma característica interessante é que eles disponibilizam prensas, containers, caçambas, moinhos, britadores para a reciclagem do vidro.

Em São Paulo eles atuam na região central, Zona Norte, Zona Oeste, Zona Sul, Zona Leste, Grande São Paulo e Litoral de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Paraná.

 

3) Reciclagem de Alumínio

Um excelente exemplo de processo de reciclagem eficiente, eficaz pois envolve vários participantes é o da reciclagem das latinhas de alumínio.

O Brasil faz um trabalho impressionante com a reciclagem de alumínio, tanto que em 2017 quase todas as latas de alumínio voltaram para o ciclo produtivo e desde 2004, o índice de reciclagem é superior a 90%.

A reciclagem de alumínio pode ser feita partir de utensílios domésticos, latas de bebidas, esquadrias de janelas, componentes automotivos e as famosas latas de alumínio, além de:

  • Ser mais barata
  • Consumir menos energia
  • Reduz 95% a emissão de gases de efeito estufa
  • Diminuir a poluição do solo, água e ar, protegendo o meio ambiente;
  • Contribuir para uma cidade mais limpa
  • Melhora a qualidade de vida da população
  • Aumenta a vida útil de aterros sanitários
  • Gerar empregos e receitas para os catadores
  • Índice de 97,3% de reciclagem.
  • Somos líderes mundiais da reciclagem

 

Três exemplos muito interessantes na especialização da reciclagem de alumínio e de empreendedorismo sustentável são do Grupo Recicla BR da  Latasa e do Garimpeiro Urbano

Grupo Recicla BR foi criado em março de 2013 é o maior grupo de reciclagem de metais não ferrosos do Brasil e tem como pilares a ética, o respeito à vida, a sustentabilidade, a responsabilidade social e financeira e a busca pela qualidade e inovação.

As empresas do Grupo Recicla BR são a Latasa Reciclagem, a Aluzinco, o Garimpeiro Urbano, a Latasa Extrudados, a Latasa Distribuidora e a Auto Parts.

A Latasa Reciclagem é a maior empresa de reciclagem do Brasil, pois possui atua em 14 estados e possui 25 filiais e 4 centros de fundição e atendem todas as regiões do Brasil, com isso eles processam mais de 200 mil toneladas de alumínio todo ano e com isso contribuem para o meio ambiente com uma economia de 95% de energia. Eles produzem Deox, placa RSI, ligas de alumínio, metal líquido, lingotes e vergalhão.

A Latasa Reciclagem respeita os 3 pilares da sustentabilidade (ambiental, social e econômico), colaborando com a reciclagem do alumínio que usa apenas 5% de energia elétrica em comparação com o processo de fabricação inicial. Assim como participa de projetos sociais incentivando a reciclagem e conscientização da população do benefício da reciclagem.

As estruturas de centros de coleta de alumínio ficam para o Garimpeiro Urbano que é uma empresa da Latasa Reciclagem.

As latas de alumínio e as sucatas de alumínio são coletadas em nos 25 centros de coleta espalhados pelas diversas regiões do Brasil e contam com uma estrutura em equipamentos modernos.

 

4) Reciclagem de Isopor

O Brasil produz cerca de 34,5mil toneladas de Poliestireno expandido é um material à base de petróleo e como é conhecido no mercado, o Isopor é um material com milhares de possibilidades de uso, é composto de 98% ar e 2% de matéria-prima.

O Isopor é um material da família dos plásticos, é:

  • Muito usado como embalagem para uma diversidade de aplicações
  • Não é biodegradável
  • Pode ser 100% reciclado
  • O Brasil recicla 34% de isopor aproximadamente

 

O isopor depois de reciclado pode ser usado na:

  • Produção de energia elétrica térmica
  • Fabricação de novos objetos de plástico
  • Fabricação de colas, solventes e, inclusive, sola de calçados.

Duas empresas que atuam na reciclagem de isopor são a Knauf e a Santa Luzia Molduras e com empreendedorismo sustentável.

A Knauf Isopor está no Brasil desde 1988 e no mundo atua em 40 países e conta com um time de 22.000 colaboradores, atuando nas áreas:

  • Alimentação
  • Saúde
  • Construção Civil
  • Embalagens
  • Automotiva
  • Inovação

A logística reversa contribui para:

  • Atender as exigências da PNRS
  • Que o isopor volte para as empresas da Knauf
  • Que o isopor volte para a cadeia produtiva

O isopor quando estiver na Knauf poder usado:

  • Como matéria prima na produção de novos produtos
  • Na recuperação de energia devido seu alto poder calorífico
  • Novamente na fabricação de óleo e gases

Para incentivar a reciclagem e a logística reversa de isopor a Knauf dispobnibliza pontos de coleta nas suas empresas no horário das 9 às 18hs de segunda à sexta.

 

As dicas que a Knauf dá para descartar o isopor corretamente são:

  • Dividir o isopor em partes menores
  • Use o isopor na drenagem de vasos com plantas
  • Doe o isopor para as lojas de artesanato na sua cidade trabalha com isopor e doe para
  • Use para proteger produtos em outras aplicações
  • Crie produtos como letreiros, porta copos, enfeites e outros

 

A Santa Luzia é uma empresa que atende o mercado da Construção Civil com a produção de perfis decorativos, arquitetura, decoração, molduras de madeira com matéria prima reciclada.

Desde 2004 a empresa trabalha com perfis produzidos de material reciclado.

Com essa atitude sustentável foram transformados mais de 14milhões de quilos de material de resíduos de Isopor. Além disso foi ampliado a linha de produtos que são vendidos em mais de 4 mil pontos de vendas e cerca de 10% da produção é exportada.

Sua capacidade de produção é de 1.000 toneladas de produtos fabricados de matéria prima reciclada.

Os produtos produzidos de material reciclado têm atributos fortes de vendas pelo fato de serem reciclados e pela facilidade de aplicação, pois são imunes a ação dos cupins e podem ser usados em ambientes úmidos o oposto da madeira que estufa e causa um aspecto feio.

Uma mudança interessante aconteceu em 2002, onde eles passaram a usar 98% de matéria prima reciclada de isopor.

Para terem o isopor de volta à cadeia produtiva eles coletam em mais de 210 cooperativas de catadores espalhadas pelo Brasil, gerando mais de 3.800 empregos.

A Santa Luzia investiu em tecnologia para compactar e tirar o ar para poder transportar o isopor para sua fábrica.

Para que a logística reversa seja viabilizada é disponibilizado em algumas cooperativas as máquinas de compactação do isopor. Em outros casos algumas empresas destinam o isopor para eles reciclarem. Depois que o material chega na fábrica, passa por alguns processos até ser novamente reinserido na cadeia produtiva como um novo perfil decorativo e ser vendido em mais de 4mil pontos de vendas espalhados pelo Brasil.

 

5) Reciclagem de Papel e Papelão

Apesar de mudanças provocada pela Amazon na venda de livros produzidos de papel para livros produzidos em formato digital, o uso de papel no Brasil e no mundo é muito grande e isso abre espaço para que seja visto a volta desse material a cadeia produtiva com o uso da logística reversa.

É aí que se abre espaço para os catadores e papel e papelão e para empresas especializadas nesse seguimento como a Aparas Liberdade e a Recirculo.

Essas são duas empresas que atuam dentro do conceito de empreendedorismo sustentável, pois elas geram empregos e renda para as pessoas sustentarem suas famílias.

 

A Aparas Liberdade atua desde 1992 e fica na região central de São Paulo vendendo aparas de papel, fazem reciclagem, destruição de documentos.

O processo de reciclagem começa com a coleta de papel, jornal, revista, folder, papelão, arquivo morto, sulfite, livros, apostilas, materiais de gráficas e outros materiais recicláveis. Para o armazenamento desses materiais eles disponibilizam caçambas que são colocadas no local de coleta, depois é feitio a pesagem, passando pela triagem e trituração até a compactação em fardos de 700 a 800Kg.

É legal destacar que o processo de destruição de arquivos é feito de forma sigilosa, confidencial e segura.

Esses fardos são vendidos indústrias de papel e papelão que usam novamente esses materiais em seu ciclo produtivo.

 

A Recirculo está localizada em Diadema no ABCD paulista em São Paulo e presta serviços de gerenciamento industrial para grandes geradores de papel, papelão, plástico disponibilizando caçambas, gaiolas, porta big-bag de acordo com a necessidade do cliente e fazem a destinação correta.

A destruição de documentos é totalmente confidencial e ecologicamente correta. Inclusive eles trabalham de forma bem transparente, pois todos os serviços podem ser acompanhados pelo cliente.

Eles também fazem Gestão Ambiental de acordo com os procedimentos das normas ISO 9.000 e ISO 14.000.

 

É legal falar dessas empresas porque todas fazem parte do ciclo do empreendedorismo sustentável e todas trabalham de forma séria respeitando o meio ambiente e a sustentabilidade.

 

 

É isso aí!

Um GRANDE abraço!

Força, fé, coragem, perseverança, amor, disciplina, atitude e muito otimismo

Celso Luchezzi

 

Oportunidades de Negócios com Economia Circular

 

#empreendedorismo sustentável,#reciclagem #3Rs da sustentabilidade #desenvolvimento sustentável #negócios sustentáveis #lixo eletrônico #gerenciamento de resíduos sólidos #reciclagem de vidro #reciclagem de alumínio #Reciclagem de Isopor #Reciclagem de Papel e Papelão #logística reversa

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on twitter
Twitter